Vitamina C e Desporto

A Vitamina C (também designada por ácido ascórbico) é uma vitamina hidrossolúvel que não pode ser sintetizada pelos seres humanos, sendo assim, a única forma de obtê-la é através da alimentação.

As melhores fontes naturais são os citrinos, frutos de bagas, vegetais de folha verde, pimentão, couve-flor e tomate.

A Vitamina C desempenha um papel fundamental na formação do colagéneo, que é importante para o crescimento e regeneração das células, gengivas, vasos sanguíneos, ossos e dentes.

Esta vitamina, tem um papel importante no aumento da biodisponibilidade do ferro, prevenindo assim, estados de anemia que pode causar fadiga e fraqueza no treino principalmente em atletas mulheres. Uma boa forma aumentar esta biodispolibilidade é a ingestão de feijão com couve e kiwi ou beber um sumo de laranja e tomate.

A Vitamina C é necessária para a síntese da carnitina, que transporta os ácidos gordos para as mitocondrias, que são o maior combustível da fibra muscular quando nos exercitamos por muito tempo. Sendo também um importante agente para reduzir o cortisol e o stress oxidativo provocado pelo exercício.

 

Uma alimentação variada e equilibrada permite um melhor rendimento desportivo assim como um bom equilíbrio de vitaminas e minerais.